Pista de lazer em volta do Jardim Botânico serve a todas as idades

24 de maio de 2016 |Nenhum Comentário
Idosa caminha pela pista do entorno do local. Ela está vestida com roupas de ginástica. Ao fundo, o muro do Jardim Botânico. #pracegover
Foto: Ronaldo Andrade

Ciclistas, skatistas, praticantes de cooper e caminhada. De jovens a idosos, pessoas de todas as idades aproveitam os benefícios da pista de lazer compartilhada que a Prefeitura implantou ao redor do Jardim Botânico Chico Mendes. Com 1.350 m de extensão e 1,5 m de largura, rapidamente se incorporou ao cotidiano dos moradores da Zona Noroeste.

O estudante Jean Vitor Lopes dos Santos, de 16 anos, utiliza o espaço para andar de bicicleta, assim como o autônomo Marcelo Alves. Os dois consideram o local muito bom e seguro para circular com as bikes. “A pista é lisinha e não temos que disputar espaço com os carros na rua”, afirma Marcelo.

A pensionista Maria Francisca Marques (foto), de 77 anos, faz suas caminhadas no local três vezes por semana. “A pista está aprovada. Ficou ótima”, assegura Francisca. Mas quem dá show no local são os estudantes Vitor e Alessandro, ambos de 13 anos. “A gente usa a pista todo dia para treinar nossas manobras de skate”, diz Alessandro.

Segurança

Para garantir a segurança de quem circula pelo local, a Prefeitura reconstruiu os passeios defronte às residências no entorno do parque. Foram refeitos 4.100 m² de calçada em concreto desempenado, com rampas para acessibilidade, no padrão Calçada Para Todos.

O comerciante Plinio Carvalho Monteiro, de 30 anos, mora no bairro desde que nasceu e aprovou a novidade. “Posso andar com segurança com minha filha de 9 meses, Maitê, no carrinho, e Amanda, de 4 anos”.

Mesma opinião tem o aposentado Antônio Tertuliano da Silva, de 84 anos. “Ficou bom tanto para quem caminha pela calçada como para quem utiliza a pista”.

Revitalização

A revitalização da área incluiu nova pavimentação nas ruas do entorno: João Fraccaroli, Bulcão Viana e Amadeo Barbielini, um total de 9.650 m² de asfalto novo.

A obra foi supervisionada pela Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi) e faz parte do PROVias, programa de pavimentação para garantir segurança e infraestrutura às vias públicas do município.

Fonte: www.santos.sp.gov.br

Categorias: Notícias de Santos